https://00px.net/pixel/eyJjciI6ODAyOTUsImNhIjo0NDY0LCJwbCI6NjE5Nzh9/e.gif?t=INSERIR+CACHEBUSTER http://00px.net/click/eyJjciI6ODAyOTUsImNhIjo0NDY0LCJwbCI6NjE5Nzh9 https://00px.net/click/eyJjciI6ODAyOTUsImNhIjo0NDY0LCJwbCI6NjE5Nzh9
- Publicidade -
Home Brasil Bolsonaro diz que vai definir nesta segunda-feira data para fim do uso...

Bolsonaro diz que vai definir nesta segunda-feira data para fim do uso de máscaras

- Publicidade -
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (23/8) que pretende definir hoje uma data em conjunto com o Ministério da Saúde para sugerir a desobrigação do uso de máscaras para a população. A declaração ocorreu em entrevista à Rádio Nova Regional, do Vale do Ribeira (SP).
“Alguns países do mundo já adotaram (a desobrigação da máscara), liberou geral. Eu pedi um estudo para o Ministério da Saúde. Hoje, vamos reunir com o ministro (Marcelo) Queiroga para darmos uma solução para esse caso. A ideia é a seguinte: pela quantidade de vacinados, pelo número de pessoas que já contraiu o vírus. Quem já contraiu o vírus, obviamente, está imunizado também, como é o meu caso. Nós tornamos facultativo, orientamos que o uso da máscara não precisa ser mais obrigatório, essa é a nossa ideia, que talvez tenha uma data a partir de hoje para essa recomendação do Ministério da Saúde”, apontou. Porém, a indicação da pasta da Saúde é de que mesmo aqueles que já contraíram a doença se vacinem, por conta do risco de reinfecção e de novas cepas.
Bolsonaro voltou a mentir ao dizer que o Supremo Tribunal Federal (STF) retirou seus poderes para agir durante a pandemia. “Vocês sabem que o STF simplesmente deu poderes aos governadores e prefeitos para ignorar o governo federal. Então, não basta a gente apenas orientar a ser facultativo. O governo pode simplesmente achar que para ele, né, é bom ainda continuar usando máscara, e eles continuarem nessa política”, acrescentou.
No mês passado, a Corte divulgou uma nota esclarecendo que não excluiu o presidente da tomada de ações no combater à pandemia da Covid-19. Em um vídeo publicado nas redes sociais, o STF destacou que “não proibiu o governo federal de agir na pandemia” e que “uma mentira contada mil vezes não vira verdade”.
Desde que a Corte decidiu no ano passado que governadores e prefeitos tinham autonomia para implementar políticas de enfrentamento à crise sanitária, Bolsonaro tem dito que ficou impossibilitado de agir contra o coronavírus.
“O que eu vejo, desde o começo falei, talvez seja o único chefe de Estado do mundo todo que disse que temos que conviver com o vírus. Infelizmente, ele veio para ficar como muitas outros gripes que temos por aí”, continuou.
CoronaVac
Por fim, o chefe do Executivo relatou que o Brasil no quesito vacinação em relação aos demais países, “está indo muito bem”. No entanto, voltou a atacar a CoronaVac, a vacina mais aplicada no país, dizendo que a mesma “não está dando certo”.
“Obviamente, a gente pede a Deus e torce pela efetividade das vacinas. Se bem que algumas vacinas não estão dando certo. Tem uma chinesa, tem gente que tomou a segunda dose e está se infectado, está morrendo e não é pouca gente, não. A gente espera que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e o próprio (Instituto) Butantã de uma resposta que a população tem o direito a saber a real efetividade da vacina que está tomando”, alegou. O próprio presidente ainda não se vacinou, apesar de já estar incluído há meses pelo grupo de idade.
A imunização não impede que a pessoa contraia o vírus, mas reduz os riscos de que se desenvolvam formas mais graves da doença. Segundo especialistas, nenhuma vacina é 100% eficaz contra doenças, o que inclui imunizantes utilizados há décadas, como vacinas contra sarampo, catapora e gripe. O objetivo é garantir que o sistema imunológico seja exposto ao vírus de forma segura.
A CoronaVac apresenta eficácia geral de 50,38% para prevenir casos da Covid-19. Um estudo de efetividade conduzido pelo Instituto Butantan na cidade de Serrana, no interior de São Paulo, vacinou cerca de 75% da população adulta e observou quedas de 80% nos casos sintomáticos da doença e de 86%, nas internações, além da redução de mortes em 95%.
Fonte: Correio Braziliense
- Publicidade -
-Publicidade -

CONECTADO

16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe

Voce deve lêr

Gestão desastrosa, faz OAB-DF amargar 27 ações trabalhistas na justiça

A Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF) é ré em 27 ações trabalhistas no TRT-10. Dessas, 21 são dos últimos...
- Publicidade -

Cinema itinerante gratuito no Recanto das Emas e Samambaia

Após passar por 14 cidades satélites do DF, o projeto “Brasília 60+1 - nossa história pelas lentes do cinema” chega ao Recanto das Emas,...

DF faz bonito:50% dos jovens de 12 a 17 anos já tomaram a primeira dose

No Distrito Federal  51,17% do grupo de adolescentes entre 12 e 17 anos já tomaram a primeira dose da vacina contra Covid-19. Esses números...

Saiba se vale a pena antecipar o saque-aniversário do FGTS

- Desde 2019, os trabalhadores podem aderir ao saque-aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), que permite uma retirada anual dos...

Notícias relacionadas

Gestão desastrosa, faz OAB-DF amargar 27 ações trabalhistas na justiça

A Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF) é ré em 27 ações trabalhistas no TRT-10. Dessas, 21 são dos últimos...

Cinema itinerante gratuito no Recanto das Emas e Samambaia

Após passar por 14 cidades satélites do DF, o projeto “Brasília 60+1 - nossa história pelas lentes do cinema” chega ao Recanto das Emas,...

DF faz bonito:50% dos jovens de 12 a 17 anos já tomaram a primeira dose

No Distrito Federal  51,17% do grupo de adolescentes entre 12 e 17 anos já tomaram a primeira dose da vacina contra Covid-19. Esses números...

Saiba se vale a pena antecipar o saque-aniversário do FGTS

- Desde 2019, os trabalhadores podem aderir ao saque-aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), que permite uma retirada anual dos...

DF alcança 3º lugar no ranking nacional de imunização contra Covid-19

Até este domingo (19), 2.126.811 já receberam  a primeira dose da vacina contra covid-19 no Distrito Federal, conforme balanço da Secretaria de Saúde. Das quais, 1.094.134 completaram o...
-Publicidade -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here