https://00px.net/pixel/eyJjciI6ODAyOTUsImNhIjo0NDY0LCJwbCI6NjE5Nzh9/e.gif?t=INSERIR+CACHEBUSTER http://00px.net/click/eyJjciI6ODAyOTUsImNhIjo0NDY0LCJwbCI6NjE5Nzh9 https://00px.net/click/eyJjciI6ODAyOTUsImNhIjo0NDY0LCJwbCI6NjE5Nzh9
- Publicidade -
Home Brasil Brasileiros querem vacina e auxílio emergencial, aponta DataSenado

Brasileiros querem vacina e auxílio emergencial, aponta DataSenado

- Publicidade -

A maioria dos brasileiros defende a prorrogação do auxílio emergencial e a vacinação contra o coronavírus. A conclusão é de uma pesquisa divulgada na terça-feira (16) pelo Instituto DataSenado.

De acordo com a publicação, o novo auxílio emergencial pago a trabalhadores informais, autônomos e desempregados, tem o apoio de 83% da população. Apenas 15% são contra. Entre os que defendem o benefício, 69% sugerem um valor de R$ 600. Para eles, o auxílio deve ser concedido até que toda a população esteja vacinada.

Para a maioria dos entrevistados, o novo auxílio emergencial vai trazer muitos benefícios para a população (68%) e para a economia (51%). De acordo com a pesquisa, 40% dos brasileiros solicitaram o auxílio emergencial no ano passado. Desse grupo, 83% receberam o benefício. Para 79% dos beneficiados, a ajuda do governo federal foi a principal fonte de renda durante a pandemia.

Entre os que receberam o auxílio emergencial, 75% disseram não ter tido dificuldade para acessar o dinheiro. Entre os 25% que enfrentaram problemas, o aplicativo da Caixa surge como o principal entrave (41%). Outros problemas relatados foram no cadastro do CFP (19%) e no acesso à internet (12%).

Vacinas

A pesquisa do DataSenado revela que 84% dos brasileiros querem se vacinar, caso a imunização seja oferecida gratuitamente pelo governo. Entre esses brasileiros, 53% acreditam que vão conseguir tomar a vacina ainda neste ano.

Entre os 14% que não pretendem tomar a vacina, a principal razão citada é a falta de confiança no imunizante (73%) e o medo sintomas (11%). Outros 11% afirmam que não desejam se vacinar por não serem do grupo de risco (11%) e 1% por ser contra uso de imunizantes.

A pesquisa revela que 51% dos brasileiros se consideram pouco informados sobre a vacina contra a covid-19. As fontes de informação mais citadas são televisão (57%), páginas de notícias na internet (19%) e revistas e jornais impressos (11%). Para 73% dos entrevistados, a maioria das informações que viram sobre a vacina era positiva.

Futuro

Para 79% dos brasileiros, a situação econômica do país vai melhorar quando a maioria da população estiver vacinada. Outros 16% acreditam que vai permanecer igual e 3% acham que vai piorar. No entanto, a pesquisa indica pessimismo quanto ao futuro. Para 46% dos entrevistados, o pior ainda está por vir na economia. Outros 27% afirmam que o pior já passou e 24% acreditam que estamos na pior parte.

O cenário é semelhante quando se analisa o sistema de saúde do país. Para 69%, a situação vai melhorar com a vacinação. Para 27%, vai permanecer igual e, para 3%, vai piorar. No entanto, 43% afirmam que o pior ainda está por vir em relação ao sistema de saúde. Outros 33% afirmam que o Brasil atravessa a pior parte da pandemia, enquanto que, para 21%, o pior já passou. O Instituto DataSenado entrevistou por telefone mil brasileiros de 16 anos ou mais nos dias 17 e 18 de fevereiro.

Via Agência Senado

- Publicidade -
-Publicidade -

CONECTADO

16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe

Voce deve lêr

QUE VERGONHA! | Leandro Grass usa dinheiro público para montar gabinete do ódio

Da Redação A um ano e dois meses das eleições do próximo ano, o deputado distrital Leandro Grass (Rede), decidiu montar o seu “gabinete do...
- Publicidade -

ABBP repudia declarações do deputado distrital Leandro Grass

Na sexta-feira passada, dia 10 de setembro, o deputado distrital Leandro Grass, Rede, veio a público denegrir a reputação de um dos nossos portais...

De Olho nos Ventos Políticos

Pouco a pouco as configurações políticas para o pleito de 2022 começam a ser desenhadas, e nessa de calcar a estrada rumo 22, é...

DF permanece com vacinação a a adolescentes de 14 a 17 anos

Seguindo a orientação do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o Distrito Federal seguirá aplicando doses de vacina contra...

Notícias relacionadas

QUE VERGONHA! | Leandro Grass usa dinheiro público para montar gabinete do ódio

Da Redação A um ano e dois meses das eleições do próximo ano, o deputado distrital Leandro Grass (Rede), decidiu montar o seu “gabinete do...

ABBP repudia declarações do deputado distrital Leandro Grass

Na sexta-feira passada, dia 10 de setembro, o deputado distrital Leandro Grass, Rede, veio a público denegrir a reputação de um dos nossos portais...

De Olho nos Ventos Políticos

Pouco a pouco as configurações políticas para o pleito de 2022 começam a ser desenhadas, e nessa de calcar a estrada rumo 22, é...

DF permanece com vacinação a a adolescentes de 14 a 17 anos

Seguindo a orientação do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o Distrito Federal seguirá aplicando doses de vacina contra...

Distritais aprovam redução de alíquotas de impostos de combustíveis

Os deputados distritais aprovaram na sessão ordinária da Câmara Legislativa do Distrito Federal desta terça-feira (14) uma proposta que reduz as alíquotas do Imposto...
-Publicidade -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here