spot_img
InícioDestaquesEleições 2022: disputa ao buriti tem oito pré-candidatos. Veja quem são

Eleições 2022: disputa ao buriti tem oito pré-candidatos. Veja quem são

Além de Ibaneis Rocha, que busca a reeleição, outros 7 nomes são pré-candidatos ao Buriti. Alguns partidos ainda estão em fase de definição

- Publicidade -spot_img

Os quase seis meses do pleito eleitoral, a disputa pelo Governo do Distrito Federal (GDF) ainda precisa de algumas definições. Até o momento, pelo menos sete pré-candidatos foram confirmados, sem contar o atual governador, Ibaneis Rocha (MDB), que deve concorrer à reeleição.

Veja a seguir quem são os postulantes ao executivo local

Ibaneis Rocha (MDB)

Ibaneis Rocha foi eleito governador do Distrito Federal em 2018, pelo MDB. Antes da vida política Ibaneis Rocha, presidiu a seccional do DF da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF) de 2013 a 2015, também foi diretor do Conselho Federal e corregedor-geral da entidade. O governador Ibaneis Rocha tem deixado público que buscará a reeleição.

Izalci Lucas (PSDB)

Natural de Araújos (MG), iniciou a sua vida política em 1998. Em 2002, foi eleito para deputado distrital e nesse período passou por secretarias do GDF. Nos anos de 2010 e 2014, foi eleito e reeleito deputado federal, em 2018 foi eleito senador pelo DF. Para o pleito de 2022, o senador Izalci Lucas coloca o seu nome como uma das opções para o eleitorado brasiliense ao governo do DF.

Oficialização da pré-candidatura: 15 de dezembro de 2021.

Keka Bagno (PSol)

Começou vida política há 15 anos, atuando em movimentos sociais. Nas eleições de 2018, ela concorreu como vice-governadora pelo PSOL. Atualmente Keka é conselheira tutelar.

Oficialização da pré-candidatura: lançou pré-candidatura em 5 de março de 2022

Rafael Parente (PSB)

Foi secretário de Educação no primeiro ano da gestão de Ibaneis Rocha, Rafael Parente é doutor em educação pela Universidade de Nova York. Também foi subsecretário de educação no Rio de Janeiro.

Oficialização da pré-candidatura: lançou pré-candidatura em 26 de outubro de 2021

João Vicente Goulart (PCdoB)

Presidente regional do PCdoB no Distrito Federal. É filósofo e escritor, se candidatou a Presidente da República em 2018, pelo PPL e já exerceu o mandato de deputado estadual pelo Partido Democrático Trabalhista PDT do Rio Grande do Sul. João Vicente é filho do ex-presidente João Goulart.

Oficialização da pré-candidatura: em 18 de dezembro de 2021, o comitê regional do Partido Comunista do Brasil do Distrito Federal (PCdoB-DF) lançou seu nome como pré-candidato ao GDF.

Professor Lucas Salles (DC)

É natural de Campina Grande, CEO da 9Ideia Comunicação, professor universitário e Mestre em Administração de Empresas na área de Marketing (UFPB). Preside o DEMOCRACIA CRISTÃ no DF e no campo político o campo foi o responsável   marketing político da vitoriosa campanha de Jair Bolsonaro a presidência da república.

Oficialização da pré-candidatura: 15 de fevereiro de 2022

Leandro Grass (PV)

Eleito deputado distrital em 2018 pela Rede Sustentabilidade com 6.578 votos, com a janela partidária  migrou para  Partido Verde PV para concorrer ao GDF. Grass é Professor, sociólogo e mestre em Desenvolvimento sustentável.

Oficialização da pré-candidatura: lançou pré-candidatura em setembro de 2021

Leila Barros (PDT)

Leila Barros se elegeu senadora pelo DF em 2018, pelo PSB. Em agosto do ano passado, migrou para o Cidadania e, em março, se filiou ao PDT. A senadora foi a primeira mulher a representar o DF no senado tem pautas voltadas para a proteção dos direitos das mulheres, no fortalecimento do esporte e na igualdade social.

Oficialização da pré-candidatura: lançou pré-candidatura em 18 de março de 2022

Data Marcada

Vale destacar para que os nomes dos candidatos devem ser confirmados nas convenções partidárias, que acontecem entre 20 de julho e 5 de agosto. Além disso o prazo para realizar o pedido de registro da candidatura no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai até 15 de agosto.

A partir de 16 de agosto, tem início a propaganda eleitoral, já o primeiro turno das eleições está marcado para 2 de outubro. Eventual segundo turno será realizado no dia 30. Os eleitos tomam posse em 1º de janeiro de 2023.

 

Da Redação

 

- Publicidade -spot_img
-Publicidade -spot_img

CONECTADO

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Voce deve lêr

- Publicidade -spot_img

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui