spot_img
InícioCidadesGDF fecham 2020 com contas no azul

GDF fecham 2020 com contas no azul

- Publicidade -spot_img

2020 foi um ano de crescimento econômico no DF, a Secretaria de Economia fomentou melhorias  nas contas públicas do Distrito Federal em 2020. Após assumir uma gestão com dívidas e conseguir reverter um quadro negativo de fechamento das contas em 2019, o Governo do Distrito Federal (GDF) deu um drible na crise e se prepara para encerrar o ano com um superávit de R$ 217,5 milhões.

Com o leilão da venda da CEB Distribuição, que conseguiu um ágio de mais de 76% sobre o valor inicial, alcançando R$ 2,515 bilhões, o que   garante um caixa bem mais robusto para investimentos na cidade. O objetivo da privatização da subsidiária é aumentar os recursos do caixa da empresa, que passa por dificuldades há anos. A concessão para a iniciativa privada também vai proporcionar mais investimentos e consequentemente, uma prestação de serviço mais eficaz e de melhor qualidade ao consumidor do Distrito Federal.

Outro ponto positivo para as contas públicas  foi o Refis , ao renegociar a dívida de 34.490 brasilienses e de 8.681 empresas, recupera R$ 2,081 bilhões para os cofres públicos. Do total refinanciado neste período, R$ 337.241,905,70 já foram pagos e R$1.744.056.147,86 são de parcelas a vencer ou de valores ainda não compensados pelos bancos.

Muitas ações desenvolvidas pelo governo do Distrito Federal ao longo de 2020 merecem destaque:

Recomposições salariais

Em 2020, o GDF promoveu as recomposições salariais das forças de segurança pública, instituindo, inclusive, o pagamento de horas extras de serviço voluntário na Polícia Civil.

Nota Legal

em 2020 a  Secretaria de Economia  foram sorteados R$ 3 milhões em prêmios de até R$ 500 mil.

Contratações

O GDF fecha 2020 com a contratação de 500 policiais militares e 370 bombeiros. No final de outubro, foram anunciadas as contratações de 86 profissionais na área de saúde, entre médicos, técnicos e profissionais da área administrativa.

A Secretaria de Educação do  DF também reforçou seus quadros com a nomeação de 184 professores da educação básica. A Secretaria de Desenvolvimento Socia ganhou o reforço de 156 novos servidores. Em maio, 91 técnicos administrativos já haviam sido nomeados.

Plano de saúde

Os servidores do GDF tiveram em 2020 uma conquista inédita e histórica, o primeiro plano de saúde do GDF vai poder atender mais de 500 mil pessoas, entre servidores e seus dependentes diretos. A proposta é dar aos colaboradores do governo a chance de um atendimento particular com um custo bem inferior ao aplicado no mercado

Clube de vantagens

Lançado em novembro o programa dará aos servidores do GDF descontos e condições especiais na compra de produtos e serviços, além da redução de preços em matrículas e mensalidades de faculdades e universidades privadas do Distrito Federal. O Clube de Descontos do Servidor e o DF Superior vão beneficiar cerca de 160 mil servidores – entre ativos e aposentados, além de dependentes.

Da Redação

 

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
-Publicidade -spot_img

CONECTADO

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Voce deve lêr

- Publicidade -spot_img

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui