spot_img
InícioDestaquesJustiça suspende propaganda partidária do PSDB/DF

Justiça suspende propaganda partidária do PSDB/DF

O desembargador do TRE-DF Renato Guanabara Leal disse que propaganda partidária gratuita não pode ser confundida com propaganda eleitoral

- Publicidade -spot_img

Em decisão o desembargador do Tribunal Regional Eleitoral do DF, Guanabara Leal ,determinou a suspensão das propagandas partidárias do PSDB/DF , por entender que a mesmas apresentam desvio de finalidade.

A liminar foi expedida a partir de um pedido do Avante/DF, partido do vice-governador do DF, Paco Britto. O partido alegou que, o senador Izalci Lucas “ataca adversário político, com propaganda negativa, afirmações absurdas, caluniosas e com o único objetivo de propagar informações falsas, conhecidas como fake news”.

Vale destacar que, o senador, Izalci Lucas PSDB/DF é pré-candidato ao Governo do Distrito Federal, logo um dos concorrentes direto do governador, Ibaneis Rocha MDB/DF, que buscará   a reeleição.

O magistrado entendeu que os vídeos divulgados na TV, pelo presidente da sigla o senador, Izalci Lucas, por meio do PSDB, limitaram-se a fazer críticas à atual gestão do GDF.

Ainda, na decisão o desembargador alegou haver   uma acentuada presença do presidente do partido, ficando caracterizado autopromoção, desviando a finalidade do horário político gratuito do partido.

Em sua decisão o desembargador, Guanabara Leal, pontuou que: “Portanto, a propaganda partidária gratuita não pode ser confundida com a propaganda eleitoral, não sendo destinada à promoção de futuros candidatos a cargos eletivos. Tal momento já está definido pela Justiça Eleitoral e será oportunizado no segundo semestre deste ano”, escreveu o magistrado. ”

 

Redação Mídia Alternativa

 

- Publicidade -spot_img
-Publicidade -spot_img

CONECTADO

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Voce deve lêr

- Publicidade -spot_img

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui